Dilma se reúne amanhã com 12 clubes para tratar da reforma no futebol

Por Bernardo Itri

Clube dos 12

Dilma Rousseff marcou para amanhã às 11h uma reunião com os clubes para tratar da situação do futebol nacional. O encontro, em Brasília, será com presidentes de 12 agremiações: Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Botafogo, Flamengo, Inter, Grêmio, Atlético-MG, Bahia, Coritiba, Santa Cruz e Paysandu. Os cartolas vão usar a reunião para pedir urgência na aprovação da lei de refinanciamento das dívidas fiscais dos clubes.

Terra arrasada. Os dirigentes pretendem expor à presidente Dilma o cenário caótico das finanças do futebol. “Os clubes não têm mais dinheiro. A situação é essa. Não vou esconder nada na reunião”, afirma Vilson Ribeiro, presidente do Coritiba e chefe da comissão de clubes constituída pela CBF.

Tema… Para conseguir aprovação rápida do projeto de Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que refinancia a longo prazo as dívidas dos clubes, os cartolas vão propor à presidente que o texto foque apenas este ponto. E que outros temas que estavam no texto, como a liberação de apostas, sejam analisados em outro PL.

…único. O mesmo pensamento vale para os itens que tratavam da CBF. Na visão dos clubes, a taxação sobre os contratos de patrocínio da entidade, que constava no PL, deve ser apreciada posteriormente também.

Amigável. A CBF, enfim, tem uma boa notícia após o fiasco da seleção na Copa do Mundo. O fotógrafo Sérgio Pinto, ex-funcionário, retirou a ação trabalhista que movia contra a confederação.

Amigável 2. Pinto processava a CBF pedindo indenização pelo tempo trabalhado. Atuou em quatro Copas: da África do Sul (2010), da Alemanha (2006), da França (1998) e dos EUA (1994).

Patrimônio… Andres Sanchez, ex-presidente do Corinthians e gestor do Itaquerão, alterou sua lista de bens declarados ao Tribunal Superior Eleitoral, onde registra sua candidatura a deputado federal. O cartola, que declarava R$ 897 mil em patrimônio, agora diz ter R$ 1,72 milhão.

…crescente. O petista inclui na lista de bens um imóvel na zona oeste de São Paulo, no valor de R$ 830 mil, que gerou esse acréscimo no patrimônio. Agora, a lista de bens inclui dois imóveis, seis participações em empresas, investimentos e um empréstimo de R$ 200 mil ao seu irmão, Tadeu Navarro Sanchez.

Em casa. Anunciado como treinador do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo recebeu recentemente propostas do exterior, mas recusou todas sem pestanejar.

Em casa 2. O técnico levado à Gávea para salvar o time do rebaixamento negou propostas de clubes dos Emirados Árabes e da China. Mesmo estando desempregado desde novembro, Luxemburgo não queria trabalhar fora do país e esperou uma oferta brasileira para retomar suas atividades.

Sabático. Gilmar Veloz, empresário do Luxemburgo, diz que ele passou os últimos meses por um “processo de reciclagem” do futebol.

DIVIDIDA

“Não pensei um segundo em me demitir
JOACHIM LÖW
técnico campeão da Copa com a Alemanha, ao anunciar que continuará no comando da seleção até o Eurocopa de 2016