Clubes dão primeiro passo para formar um novo ‘C13’ e negociar em bloco

Por Bernardo Itri

A união faz a força

Os clubes da elite do futebol brasileiro iniciaram movimento para, em bloco, discutir as questões ligadas à sua realidade, para negociar em conjunto. Um executivo brasileiro, com currículo que o avaliza para o papel e hoje baseado na América do Norte, foi procurado por dois clubes clubes da Série A do Brasileiro, que integravam o extinto Clube dos 13, e ouviu deles o pedido para que os representem em reunião com a Globo.

Honorário. Os dois representantes dos clubes questionaram o executivo sobre o valor que cobraria para representá-los. Ouviram que antes de a discussão entrar no campo monetário, o grupo teria de chegar a pelo menos cinco clubes para ter poder de fogo em negociações.

Catalisador. A convocação da TV Globo aos clubes da Série A para reuniões com pautas abrangentes neste mês, a partir desta quinta-feira (7), foi uma das razões para os clubes o procurarem.

Timing. O interesse dos clubes casou com os planos do executivo, que planeja retomar as atividades no Brasil e que para isso já prepara a papelada para abrir uma empresa de representação.

Horário eleitoral. O atual presidente palmeirense, Paulo Nobre, ocupa a liderança isolada nas projeção da votação do conselho deliberativo, em outubro, que servirá de filtro para indicar quem participa das eleições à presidência pela assembleia geral, no mês de dezembro.

Empate técnico. O ex-vice de futebol Roberto Frizzo, que conta com apoio de conselheiros ligados ao ex-presidente Arnaldo Tirone, e o conselheiro Wlademir Pescarmona, apoiado pelo ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, estão tecnicamente empatados, no limite para conseguir ir à eleição.

Morto… A 6ª Câmara Cível do Rio extinguiu o processo no qual o Icasa buscava a vaga do Figueirense na Série A do Brasileiro. O clube cearense apontou que o Figueirense escalou atleta irregular contra o América-MG.

… E enterrado. Os desembargadores entenderam que o Icasa perdeu o prazo para denunciar, além de não ter esgotado todas possibilidades na Justiça Desportiva. O Icasa terá de arcar com os honorários dos advogados.

Má sorte. O são-paulino Rodrigo Caio, que será operado hoje, recebera antes de se lesionar duas propostas em torno de </euro> 20 milhões. No Morumbi já se trabalhava com a hipótese de o zagueiro nem terminar o Brasileiro vestindo a camiseta tricolor.

Sustentabilidade. A Arena das Dunas, um dos palcos da Copa, abre no próximo dia 14, um programa, pago, de visitas guiadas às suas dependências. Elas passarão pela tribuna de imprensa, camarotes e área VIP.

Celebridade. Capitão do penta, Cafu entrega no domingo a taça de campeão nacional de um torneio para jovens entre 10 e 12 anos, organizado pela Danone. A equipe representará o Brasil na etapa internacional da competição.

Colaboraram PEDRO CRAVEIRO, colaboração para a Folha, e SÉRGIO RANGEL, do Rio

Dividida

“Ficou monótono. No futebol paulista, o Corinthians vive uma fase em que praticamente não tem rivais
Antonio Roque Citadini
conselheiro corintiano, ao comparar seu time aos demais paulistas no Brasileiro