Chefia da Globo se irrita após crítica de Carlos Miguel Aidar vazar

Por Bernardo Itri

Azedou

A relação entre a TV Globo e Carlos Miguel Aidar está estremecida. Irritou executivos responsáveis pelo departamento de esporte da emissora um e-mail enviado pelo presidente são-paulino a outros cartolas. Aidar identificou tentativa de ingerência da Globo em temas que “dizem respeito somente a nós [clubes] e não à Globo”. E que “deveríamos conversar entre nós ou seguirmos… deixando o futebol ao sabor da CBF e da Globo”.

Clube fechado. Aidar se referia a um convite, enviado por e-mail pela Globo, para uma reunião de trabalho. Mas a Globo informou que a agenda englobaria formação de atletas, êxodo de jogadores, finanças, receitas de estádios e também calendário.

Ponto de vista. Executivos bem posicionados na emissora negaram que pretendem interferir na gestão dos clubes. Explicaram que só queriam ficar a par de seus problemas e que Aidar deu interpretação ao e-mail da Globo para fortalecer sua campanha para fazer uma liga.

Deja Vu. Aidar é conhecido como um dos artífices da Copa União, que foi o Campeonato Brasileiro de 1987, em um momento de turbulência na relação com a CBF, e a criação do Clube dos 13. A entidade serviu para representar os clubes em bloco.

Nova data. O próprio Aidar reconhece que já sabia, desde o mês passado, que a reunião de clubes com a Globo e a CBF não aconteceria mais nesta quinta-feira (7). Os executivos se irritaram com a confusão criada por causa de seu e-mail.

História. Já os aliados de Aidar creem que o incômodo da emissora tem outra razão. Argumentam que a reunião em grupos é algo legítimo. E acrescentam que apenas na a época da ditadura militar no Brasil isso foi combatido.
Cereja no bolo. A confirmação do título mundial de 51 do Palmeiras pela Fifa é dada como certa por correligionários do conselheiro Roberto Frizzo, que coordenou o projeto. Segundo eles, existem indicações de que tal conquista será anunciado na festa de aniversário do clube.

Festa privê. As mesmas pessoas próximas ao ex-vice de futebol do clube do Parque Antarctica já preparam festa em sua homenagem.

Disfarçou. Consultada, a Fifa informou, de maneira sucinta, que seu primeiro clube campeão mundial ainda é o Corinthians. Porém não comentou se haverá alguma alteração no status.

Repeteco. José Paulo Fernandes, que enfrentou Marcelo Teixeira pela presidência do Santos em 99, visitou consultorias e deve ser confirmado candidato da situação nas eleições do clube que estão previstas para o final deste ano.

País do futebol. Especialistas em marketing esportivo questionam o fato de os cruzeirenses terem comemorado a maior média de público do Brasil, com 28 mil torcedores por partida. Lembram que, nos EUA, os jogos de futebol do Seattle reúnem média de 43 mil pessoas.

Colaborou MARCEL RIZZO, de São Paulo

Dividida

“Jogadores para jogar na seleção têm que estar no exterior, e às vezes é uma baba, reserva lá fora, mas tem fama de ótimo
Zico,
sobre a queda de qualidade da seleção brasileira