Internado, Muricy perderá até jogo de terça-feira, pela Sul-Americana, diz Aidar

Por Bernardo Itri

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, descarta que o técnico Muricy Ramalho comande o time do campo nos próximos dois jogos, em razão de uma arritmia cardíaca.

“Ele não vai estar no sábado nem na terça (contra o Huachipato-CHI, pela Sul-Americana), sem chance”, afirmou à coluna Aidar.

O médico do clube, José Sanchez, já havia informado que Muricy não estaria no Morumbi neste sábado, contra o Fluminense.

O presidente são-paulino diz que não há previsão de alta para Muricy, mas acredita que ele só voltará para casa no meio da próxima semana, o que inviabiliza sua participação no jogo da Sul-Americana.

Muricy está na UTI do hospital São Luiz, onde recebe medicamentos pela veia.