Após FPF admitir erro, Corinthians vai pedir arquivamento de processo sobre Petros

Por Bernardo Itri

O Corinthians vai pedir ao STJD o arquivamento do processo sobre a suposta irregularidade no registro de Petros, que pode render a perda de 4 pontos no Brasileiro. O clube usará como argumento a declaração do presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, admitindo que a entidade errou na inscrição do atleta. “A federação já disse tudo. Temos que ser absolvidos e o processo, arquivado”, diz João Zanforlin, advogado corintiano.

O erro. A procuradoria do STJD denunciou o Corinthians sob o argumento de que o nome de Petros foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF antes de o contrato estar em vigor.

Limite de gastos. O Atlético-MG propõe que os clubes brasileiros firmem um acordo estabelecendo teto salarial para os jogadores do país. A ideia é que, com um limite, os clubes se comprometam a não gastar com o futebol mais do que arrecadam, o que evitaria atraso nos vencimentos dos atletas.

Última… Candidato à presidência do Santos, Fernando Silva quer que o clube entre com uma ação na Fifa contra o Barcelona, acusando o clube catalão de ter aliciado Neymar antes de contratá-lo e da final do Mundial de Clubes de 2011. Silva está coletando assinaturas de conselheiros do clube para dar corpo à manifestação.

..instância. Antes de ser candidato, em abril, Silva havia pleiteado que o clube entrasse com processo na Fifa. Mas agora, diante de documentos que comprovam que Neymar recebeu dinheiro do Barcelona antes do Mundial, retomou a proposta.

Paz e amor. Ao contrário de Silva, Nabil Khaznadar, candidato da situação do Santos, defende que o clube não entre em confronto com Neymar pelo caso.

Orçamento. Implantar no Campeonato Brasileiro a tecnologia que detecta se a bola cruzou a linha do gol custa cerca de R$ 20 milhões. O valor é necessário para comprar equipamentos para 18 estádios —12 arenas da Copa já têm a tecnologia. Como a CBF avisou que não vai bancar os aparelhos, a Goal Control, empresa que forneceu a tecnologia no Mundial, negocia com investidores a compra dos materiais.

Data-limite. Além do custo de R$ 20 milhões, há ainda os gastos de operação da tecnologia, não estimados pela Goal Control. A empresa, aliás, mantém contato com a CBF para tentar fazer com que os equipamentos sejam implantados no futebol brasileiro até, no máximo, a temporada de 2016.

Sem volta. A Fifa pôs fim definitivo à possibilidade de trocar a sede do Mundial de Clubes deste ano por medo do ebola. O torneio será de fato no Marrocos. A entidade abriu nesta terça-feira a venda dos ingressos para a competição, o que inviabiliza a mudança de local.

Modelo regional. Presidente da Federação Baiana de Futebol e aliado de José Maria Marin, Ednaldo Rodrigues articula para que todos os campeonatos do nordeste sejam padronizados. Quer que os estaduais da região tenham a mesma quantidade de datas e o mesmo formato.

DIVIDIDA

“Não dá para comparar o currículo do César Sampaio com o do Brunoro

ARNALDO TIRONE

ex-presidente do Palmeiras, que tinha Sampaio como diretor de futebol, comparando com o atual executivo do clube, José Carlos Brunoro