Dorival Jr. e Brunoro são demitidos do Palmeiras

Por Bernardo Itri

Dorival Jr. não é mais técnico do Palmeiras. Ele foi demitido nesta noite pelo presidente Paulo Nobre.

A demissão acontece menos de 24h após o Palmeiras se livrar do rebaixamento no Brasileiro.

Além de Dorival, José Carlos Brunoro também deixou o cargo de diretor-executivo do Palmeiras. Em encontro no início desta noite com o presidente do clube Paulo Nobre, ele foi comunicado de sua dispensa. Alexandre Mattos, diretor de futebol do Cruzeiro, é o mais cotado para a vaga. Omar Feitosa, gerente de futebol, foi o terceiro demitido.

Dorival Jr. assumiu o comando do Palmeiras em setembro, após a saída de Ricardo Gareca. Sua missão era evitar o rebaixamento da equipe, o que só aconteceu na última rodada.

Embora aconteça após o Brasileiro, a queda de Brunoro era um dos principais pedidos de cartolas e torcedores palmeirenses. O dirigente foi muito criticado pelas contratações de jogadores considerados fracos e, principalmente, pelas saídas de Barcos e Alan Kardec.

A ideia do Palmeiras é anunciar o novo executivo do futebol nos próximos dias para ele definir, ao lado do treinador, os reforços do time e realizar o planejamento para 2015.

X