Alexandre Mattos terá salário de R$ 90 mil no Palmeiras, quase metade do que Brunoro

Por Bernardo Itri

Custo-benefício

Alexandre Mattos, novo diretor de futebol do Palmeiras, vai receber pouco mais da metade do que José Carlos Brunoro ganhava no clube. O cartola, bicampeão brasileiro do Cruzeiro, terá vencimentos de R$ 90 mil por mês no Parque Antarctica, enquanto seu antecessor recebia R$ 160 mil. Mattos começa ganhar salário do Palmeiras em janeiro, mas, desde o início de dezembro, quando acertou com o clube, já iniciou a trabalhar para montar o time alviverde.

Bem… A chegada de Mattos no Palmeiras foi vista com bons olhos pelos empresários de jogadores. Ele é um dos cartolas brasileiros com melhor trânsito entre os principais agentes do país.

…cotado. Entre os empresários que mantêm boa relação com o diretor de futebol palmeirense estão Giuliano Bertolucci e Fernando Garcia.

Borderô. Com a chegada de Cristian, o Corinthians gastará mais de R$ 1 milhão por mês com volantes. O recém-contratado acertou salário de R$ 450 mil, um dos maiores do elenco alvinegro. Além dele, Elias ganha R$ 500 mil mensais, e Ralf, mais cerca de R$ 200 mil.

Olho grande. O salário acertado com Cristian, aliás, foi alvo de muitas críticas dentro da diretoria corintiana. O acordo com o jogador foi costurado pelo candidato da situação à presidência, Roberto de Andrade, mas a atual cúpula alvinegra foi contra os moldes do acordo.

Direitos… O governo federal vê com bons olhos a intenção da Espanha de rever a divisão dos direitos de TV no país, que hoje são destinados majoritariamente a Barcelona e Real Madrid. A ideia do Brasil é verificar se o modelo espanhol vai dar certo para, eventualmente, negociar a implantação no país.

…iguais. O governo espanhol pretende dividir 50% da verba de televisão igualitariamente entre todos os clubes. A partilha de 25% do dinheiro seria de acordo com o desempenho esportivo dos times, e os 25% restantes, pela audiência que as equipes atingirem.

Número 2. Ex-carateca e atual secretário de Esporte do Distrito Federal, Célio René (PRB-DF) é cotado para assumir o cargo de secretário-executivo do Ministério do Esporte, sob o comando de George Hilton. Se confirmado no posto, substituirá Luis Fernandes, um dos membros da pasta com melhor trânsito com as entidades esportivas.

Altos… A possível nomeação do ex-carateca já agrada os entes ligados à organização da Rio-2016. Consideram positivo o fato de Célio ter um perfil mais técnico e por já participar da gestão do esporte no país.

…e baixos. Por outro lado, há o temor entre os organizadores dos Jogos Olímpicos que outros cargos-chave no ministério não sigam a mesma característica.

Tá na mão. Adrián Ricardo Centurión, campeão argentino pelo Racing, foi oferecido a Atlético-MG e Cruzeiro por empresários. O meia havia sido negociado com o Genoa (ITA), em 2013, mas retornou ao clube argentino neste ano porque os italianos não pagaram o valor acertado.

Portas… A pouco mais de um mês para o início do Campeonato Paulista de 2015, 36 estádios do Estado estão interditados pela FPF por não possuírem Laudo de Prevenção e Combate de Incêndio e do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

…fechadas. Entre os estádios interditados estão o Santa Cruz, em Ribeirão Preto, o Nabi Abi Cheddid, em Bragança Paulista, e o Novelli Júnior, do atual campeão estadual, Ituano. Todos têm jogos programados para receber no próximo Paulista.

Colaborou ALEX SABINO, de São Paulo

DIVIDIDA

“Ele não é uma pessoa ligada ao esporte. É produto da prática política do PT

Otávio Leite

Deputado federal (PSDB-RJ), criticando a mudança no Ministério do Esporte promovida pela presidente Dilma Rosseff. George Hilton (PRB-MG) é o novo chefe da pasta