Amizade pode colocar mais jogadores de fundo no Flamengo

Por Bernardo Itri

A decisão do fundo de investimento Doyen Sports de colocar Marcelo Cirino, revelação do Atlético-PR, no Flamengo se explica pela amizade entre Vanderlei Luxemburgo e o representante da empresa no Brasil, Renato Duprat.  A relação deve gerar mais frutos, mesmo com a proibição de empresas terem participação em atletas a partir de maio. O sonho flamenguista é Lucas Lima, meia do Santos que pertence 80% à Doyen.

Pela regra. A Fifa deu um prazo para clubes se adaptarem à proibição de investimentos de empresas em jogadores. Qualquer contrato assinado até hoje, 31 de dezembro, valerá pelo período do acordo, que normalmente é feito por cinco anos. Por isso a pressa da Doyen em fechar com Marcelo Cirino ainda em 2014.

Tempo. De amanhã até maio de 2015 se a empresa acertar com algum jogador, ainda terá um ano para recuperar o investimento. Por isso no Flamengo há esperança de que que é possível ter mais reforços para o ano que vem com parcerias.

Breque. A decisão da Fifa, porém, colocou em marcha lenta negociações que estavam em curso, avaliam especialistas em direito desportivo. Ainda há a expectativa de que alguns pontos possam ser amenizados antes da regulamentação da regra, o que deve ser feito até março.

Calendário. Pelo menos duas negociações de clubes grandes da capital paulista estão em banho-maria na torcida de que possa haver alguma alteração na decisão anunciada pela Fifa em dezembro.

Rateio. Pelo acordo de empréstimo com o Santos, o Cruzeiro pagará 70%, ou R$ 350 mil, do salário de Leandro Damião, que é de cerca de R$ 500 mil mensais — mais um bônus que recebe de auxílio moradia.

Na conta. O time paulista portanto desembolsará ainda cerca de R$ 150 mil por mês. O alto salário foi o principal motivo que fez o Santos aceitar emprestá-lo ao atual campeão brasileiro.

Astros. Guerrero e Elias serão os garotos-propaganda do Corinthians escolhidos pela organização do torneio amistoso que o clube disputará em janeiro nos EUA. Fluminense, Bayer Leverkusen e o Colônia são os adversários.

Cúpula. A direção da Fifa decidiu que a Cidade do México receberá o Congresso da entidade, entre 12 e 13 de maio de 2016.

Paz. A possibilidade de realizá-lo no Oriente Médio, como forma de apoiar uma relação de paz entre Israel e Palestina foi descartada neste momento pelo Comitê Executo. Os palestinos são um dos 209 membros da Fifa.

Eleição. Já o encontro de 2015 será entre 28 e 29 de maio na sede da Fifa, em Zurique, na Suíça, porque haverá eleição para presidente. Joseph Blatter é favorito para conseguir a reeleição. Um pré-candidato é o francês Jérôme Champagne — outro francês, o ex-jogador Michel Platini, que preside a Uefa, desistiu de ser candidato.

Telinha. Mesmo rebaixado para a Série B, o Bahia vai continuar recebendo a cota integral de TV, no mesmo valor de 2014, algo em torno de R$ 35 milhões. Caso permaneça na segunda divisão para 2016, o time baiano perderá 50% do valor.

Críticas. Esse tipo de acordo de manter a cota no primeiro ano após o rebaixamento foi feito pela Rede Globo com a maioria dos clubes da primeira divisão e é motivo de insatisfação de times menores. Eles reclamam de concorrência desleal com o dinheiro que esses rivais têm para contratar para disputar a Série B do Brasileiro.

DIVIDIDA

“O Damião no Cruzeiro pode dar ao Santos e ao grupo investidor retorno mais rápido com melhor performance do jogador”

VINICIUS PRATES

Procurador de Leandro Damião, emprestado pelo Santos ao Cruzeiro