Após briga de Gobbi, novo presidente corintiano tentará reatar com a FPF

Por Bernardo Itri

O novo presidente do Corinthians, eleito neste sábado (7), terá uma responsabilidade extra, criada de última hora: reconstruir o elo do clube com a cúpula da Federação Paulista de Futebol e da CBF. Mario Gobbi discutiu asperamente por telefone com o futuro presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, em razão da briga pelos ingressos do clássico. O conflito deixou em xeque a relação institucional entre o clube e as entidades.

No prejuízo. Roberto de Andrade, um dos candidatos, deve ter dificuldades nessa missão: é extremamente próximo de Andres Sanchez, desafeto de Del Nero.

Pernas próprias. Antonio Roque Citadini, outro candidato, diz que o departamento social corintiano precisa encontrar receitas para se sustentar. “O social vive um momento horrível. Agora, com o futebol separado do clube, tem que encontrar novas receitas”, diz.

X

Plano… Candidato à presidência do conselho do Corinthians, Paulo Garcia tem um pacote de mudanças no estatuto para reformular as normas do clube. Uma das principais alterações prevê a antecipação da eleição corintiana para outubro —atualmente, ocorre em fevereiro.

…pronto. Garcia propõe ainda a instalação da ficha limpa no clube. A regra, se aceita, diz que conselheiros só poderão ser nomeados depois da apresentação do atestado de antecedentes criminais e de outros documentos que comprovem isenção.

Na área. Aldo Rebelo pode voltar a atuar no esporte. O atual ministro de Ciência e Tecnologia é candidato a conselheiro do Palmeiras e vai nesta tarde ao clube para votar. Rebelo foi registrado na chapa ligada ao ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo.

Comando. Marco Polo Del Nero, futuro presidente da CBF, foi nomeado pela Fifa chefe da comissão organizadora do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. A competição terá 58 partidas. Por enquanto, as sedes da modalidade são Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Brasília.

Recuperação. O São Paulo estuda fazer uma ação nos próximos jogos do clube para levantar a bola de Maicon. A ideia é homenagear de alguma maneira o meio-campista, muito vaiado por torcedores tricolores no jogo de quarta-feira (4), mas que é defendido por Muricy Ramalho e Rogério Ceni.

Tem quem queira. Pressionada pela concorrência, o São Paulo teve de aceitar os termos do contrato com Dória, cujo vínculo termina antes de uma eventual final da Libertadores. O Cruzeiro já tinha aceitado as mesmas condições impostas pelo Olympique de Marselha-FRA.

Em alta. A comercialização de ingressos de futebol on-line atingiu importante marca. A Futebol Card, que controla a venda de ingressos de Palmeiras e mais quatro clubes, recebeu informação da Visa que foi a empresa que mais fez operações on-line em vendas de cartões de débito do país em 2014, superando outras ‘megastores’.

DIVIDIDA

“Ameaça existe em todos os jogos. Se fosse por isso, teria que haver torcida única em todos os clássicos

LUIZ ALBERTO BUSSAB

diretor jurídico do Corinthians, criticando a recomendação do Ministério Público