Endividado, Santos gasta 20% da folha salarial só com Robinho

Por Bernardo Itri

Enfrentando sérias dificuldades financeiras, o Santos gasta 20% da folha salarial do futebol com apenas um jogador. Robinho ganha R$ 630 mil, sendo que o custo mensal do clube com todos seus atletas profissionais é de R$ 3,2 milhões. Thiago Ribeiro é dono do segundo maior salário do Santos –R$ 270 mil mensais–, nem metade do vencimento de Robinho. Gabriel e Lucas Lima, os terceiros da lista, ganham R$ 180 mil.

Fica mais. Robinho tem contrato até o fim de junho, e o Santos negocia com o Milan um novo acordo para segurá-lo no clube por mais tempo.

X

Contraponto. Apesar de gastar 20% da folha salarial com Robinho, a diretoria do Santos contabiliza que a saída dos jogadores no início do ano vai gerar uma economia de R$ 24 milhões no ano. Entre os principais atletas que deixaram o clube estão Edu Dracena, Arouca e Aranha.

Unidos… Um movimento na cartolagem internacional está sendo articulado para que os três candidatos de oposição na Fifa se unam para bater o atual presidente da entidade, Joseph Blatter. Ainda resta, no entanto, um acordo entre os atuais postulantes à chefia do futebol.

…venceremos. Hoje, além de Blatter, concorrem à presidência da Fifa o príncipe da Jordânia, Ali Bin Hussein, o português Luís Figo e o presidente da federação da Holanda, Michael Van Praag.

Fim da feira. A proibição da Fifa a investimentos de terceiros em jogadores já causa baixas no mercado do Brasil. Vantuil Gonçalves, que foi diretor jurídico do Botafogo e montou a MFD, que geria mais de R$ 60 milhões para aplicação em direitos de atletas, resolveu advogar e agora é sócio do escritório Andrade Figueira, no Rio.

Fidelidade. O acordo do São Paulo com a Under Urmour prevê exclusividade no fornecimento de materiais esportivos. A empresa norte-americana não poderá, pelos próximo anos, patrocinar nenhum clube brasileiro. Há ainda maior rigor em relação aos rivais paulistas: neste caso, o período de exclusividade é ainda mais longo.

Roupa nova. A Under Armour deve começar a fornecer o material esportivo do São Paulo após o Paulista.

Todo Carnaval… O fim do camarote da Brahma do Rio deixou os principais cartolas brasileiros sem benesses no Carnaval.

…tem seu fim. No novo formato do local, agora com nome de outra marca de cerveja, os dirigentes não têm mais espaços reservados. A brincadeira entre cartolas é que eles aceitariam trocar o patrocínio da Brahma dos clubes pela marca dona do novo camarote só para voltarem a ser mais paparicados.

Volte sempre. A cidade baiana de Porto Seguro, onde a Suíça treinou durante a Copa, voltou a receber jogadores do país europeu. O SV Muttenz, da segunda divisão da Suíça, desembarcou em Porto Seguro na semana passada para realizar período de treinamentos.

Colaborou JOÃO PEDRO PITOMBO, de Salvador

DIVIDIDA

“Quando há uma crise, nós precisamos juntar todo mundo que queira contribuir para encontrar um modelo mais propositivo

WALTER FELDMAN

futuro secretário-geral da CBF, sobre a atual situação do futebol brasileiro