Folha salarial do Palmeiras é quase o dobro da paga pelo Santos

Por Bernardo Itri

Um abismo separa as folhas salariais de Santos e Palmeiras, rivais na decisão do Campeonato Paulista. O gasto do clube alviverde com o time profissional é quase o dobro do investimento mensal da equipe do litoral.

O Santos gasta mensalmente R$ 2,8 milhões com seus jogadores, enquanto o Palmeiras paga R$ 5,4 milhões a Valdivia, Fernando Prass e companhia. O custo alviverde aparece no balancete financeiro de março.

A folha salarial do Palmeiras, segundo o balancete, contabiliza R$ 4,83 milhões pagos aos jogadores do time profissional e mais R$ 581 mil, à comissão técnica.

Já o Santos investe R$ 2,69 milhões em seu elenco e nem R$ 100 mil na comissão técnica, comandada por Marcelo Fernandes.

Os dois clubes decidem na Vila Belmiro, neste domingo, o título do Paulista. Os ingressos para santistas já estão esgotados. 

X