Marin vai ser defendido por filho de presidente da federação espanhola

Por Bernardo Itri

O vice-presidente da CBF, José Maria Marin, e os outros dois cartolas da Conmebol vão ser defendidos pelo filho do presidente da federação espanhola, Ángel María Villar Llona.

Gorka Villar, diretor-geral da Conmebol e advogado, foi o escolhido para elaborar a defesa dos dirigentes.

A CBF não vai defender Marin nem nenhum outro dirigente da confederação sul-americana.